Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

30 Outubro de 2020 | 11h48 - Actualizado em 30 Outubro de 2020 | 11h47

Côte d'Ivoire: TPI segue processo eleitoral

Abidjan - O Tribunal Penal Internacional está a seguir de perto o processo eleitoral na Côte d?Ivoire, afirmou quinta-feira, 29, em comunicado, a sua procuradora, Fatou Bensouda, dois dias antes da primeira volta da eleição presidencial naquele país da África Ocidental, que tem lugar sábado, 31 de Outubro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Simbolo do TPI

Foto: Angop

“Estou profundamente preocupado com os relatorios púbicos e as informações recebidas pelo meu gabinete, que falam do recrudescimento das violências graves no país”, disse em forma de advertência.

Bensouda falou publicamente para denunciar as violências sócio-politicas que tem enlutado a Côte d’Ivoire, e “ deplorou  as alegações de violências inter-comunitárias que causaram vários mortos e feridos, além de atentarem gravemente contra os bens dos civis”, actos  que, no seu ponto de vista, podem constituir crimes da competência do TPI.

Em Agosto, pouco depois de Alassane Ouattara, 78 anos, ter anunciado a sua candidatura à um terceiro mandato contestado, diversas manifestações foram registadas no país, particularmente em Divo, Bonoua ou ainda em Daoukro, resultando na morte de dezenas de pessoas.

O Conselho Constitucional Ivoriense apenas aprovou quatro candidatos dos 44 que se inscreveram à presidencial.

As candidaturas de Laurent Gbagbo, 75 anos, e de Guillaume Soro, 48, foram rejeitadas.

Assuntos Côte d'Ivoire  

Leia também